Quem é trilheiro ou trilheira sabe a alegria de chegar no fim de semana e partir para o mato, voltar para casa completamente sujo de barro, mas com a alma lavada... ô coisa boa! Quem aí se identifica? E melhor ainda quando podemos participar de eventos com várias pessoas fazendo trilha juntos em campeonatos, copas e torneios junto com a galera! Aconteceu no último dia 11 de novembro, em Mandaguaçu, a etapa final da Copa Norte Paranaense de Enduro Fim. Como a gente não podia ficar de fora dessa, a Eriton Motos esteve presente em todas as etapas dessa Copa, que foi um sucesso. Para os amantes do Off Road, um evento desses é imperdível. Essa edição da Copa Norte começou em março, na cidade de Califórnia. Para você, exclusivo no blog da Eriton Motos fizemos uma entrevista com o idealizador e organizador da Copa Norte, Romeu Eurich, que nos conta como foi o processo.

- Romeu, parabéns pelo trabalho! Conta pra gente, qual a história da Copa Norte PR? Ela está em qual edição?

Com o fim do enduro de regularidade na região norte do Paraná, eu estava fazendo o paranaense de enduro F.I.M. e fui campeão paranaense em 2012 na minha categoria E45. Então vários amigos pilotos pediram para eu organizar e coordenar a Copa Norte no ano de 2013, quando comecei esse trabalho. Junto com os organizadores de cada cidade fizemos 6 provas nesse ano, nos demais foram 7 provas com um resultado muito bom. Tivemos em média 120 pilotos por prova, hoje devido à crise caiu um pouco esse número, mas fechamos 2018 com a média de 90 pilotos por prova. 2018 estamos encerrando o 5º ano da copa. 2019 vamos para a 6º edição sempre com o apoio da Eriton motos.

- Qual o diferencial da Copa Norte?

Nosso diferencial foi sempre o meu empenho junto aos organizadores para sempre fazer uma prova para frente, onde não tivesse problemas de “enroscar” pilotos para não comprometer o tempo dos mesmos e otimizar a prova, outra coisa fundamental para o sucesso da copa foi que eu abri mão de competir para cuidar das provas junto com os organizadores.

Copa Norte

- Quantas etapas e em quantas cidades a Copa Norte aconteceu nessa edição? Quantos pilotos participaram no total?

Esse ano a copa teve 7 etapas e dessas 7 teve duas que valeu pelo paranaense da modalidade também, sendo as seguintes cidades, Califórnia, Jaguapitã, Tamarana (junto com o paranaense), Marumbi, Astorga (junto com o paranaense), Rolândia e Mandaguaçu. Média por etapa desse ano foi de 90 pilotos.

- Para você, qual foi o melhor momento dessa etapa?

Difícil dizer qual foi o melhor momento de etapa pois para mim todas as provas foram show.

Copa Norte

- Houve uma parceria da Eriton Motos com a organização desde o início, como foi a presença nos eventos?

A Eriton Motos está presente desde o início, em 2013, quando acreditou em nosso trabalho. Essa parceria vem até hoje, estamos juntos e tenho certeza que vamos juntos novamente para mais uma temporada com forte presença nas etapas com sua estrutura de tendas, exposição de motos equipamentos onde os pilotos podem fazer aquele contato direto

- Para você, qual a melhor parte de fazer Enduro?

Para mim é o contato direto com pilotos, apoios e familiares que acompanham as etapas onde vão para torcer para os seus pilotos e aquele ambiente familiar onde existe a competição, mas também tem aquela parta da amizade e do respeito com cada um.

- Muito legal! Teremos mais edições da Copa Norte? Quando e por onde o pessoal pode acompanhar?

Para 2019 estamos já com 7 etapas marcadas, só estamos finalizando as cidades para soltar o calendário. Hoje mudamos o site para facilitar aos pilotos e organizadores, fechamos uma parceria com o site www.agendaoffroad.com.br que é direcionado aos amantes o off road onde tem tudo o que precisamos para facilitar a todos os envolvidos nas etapas da copa norte, temos também um gruo de WhatsApp onde a maioria dos pilotos estão adicionados e acompanham tudo referente a copa, tem também uma página no facebook da copa.